segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Lisboa, querida Lisboa


O grande barato de viajar, pra mim, não é apenas posar nos cartões postais pra mostrar as fotos para os amigos e dizer: ó, eu fui! Viajar é muito mais que isso. É se meter sem rumo em qualquer rua que te chame a atenção, é entrar em lugares que não estão nos guias turísticos, é puxar assunto com os moradores, é conhecer novas culturas, novos hábitos, é se deixar levar pelo novo, mesmo que o novo esteja no Velho Continente, que transpira história por todos os cantos e monumentos, é sentar numa praça e ver a vida passar lentamente.



Ah, as praças! Como elas são importantes (e limpas e lindas e preservadas) na Europa. Aqui em Portugal são ponto de encontro de velhinhos que, como no Brasil, perdem a hora jogando damas; de jovens, que levam livros para se jogar num banco, ou mesmo num gramado, para se embrenhar na mais bem acompanhada das solidões; de grupos de amigos que levam um vinho nacional para colocar o papo em dia num cenário de sonho.

Em se tratando de Portugal, poderia ficar horas descrevendo lugares (ou sítios, como se diz por aqui) de beleza ímpar, mas, mais do que lugares, eu gosto de gente. E é de gente que eu quero escrever nessa madrugada insone.

Desde a minha primeira vez em solo lisboeta que escuto dos portugueses: "Não sabemos aproveitar a vida", "somos um povo triste". Eu discordo. Já entendi que, para eles, o mar (que no Brasil remete à alegria, festa, brincadeira, liberdade, paixão, verão) é sinônimo de tristeza, por conta da época das navegações, quando muitas mulheres perdiam seus homens para a imensidão azul, selvagem e desconhecida. É realmente triste. Mas isso não faz da Portugal do século XXI um país triste. Portugal é legal! Portugal é fixe, é giríssimo!

E com um povo pra lá de peculiar, receptivo, simpático, que usa e abusa do diminutivo. Aqui não se diz até logo, mas até loguinho, um bocado vira um bocadinho, um momento, um momentinho, e por aí vai. E mesmo um beijo enorme vira um beijinho enorme. Sim, é bem fofinho. Além disso, eles têm a famosa lógica própria. Lembro de certa vez que, impressionada com algo que uma amiga portuga me contara, exclamei: "Mentira!". Ao que ela respondeu, muitíssimo indignada: "Imagina, mentira! Por que eu haveria de mentir? Não tenho a menor necessidade de mentir, eu não minto, não minto nunca!". Expliquei a ela que estava longe de acusá-la de mentirosa, que era só uma expressão que não devia ser levada ao pé da letra e rimos juntas da confusão.



Aliás, dizem que portugueses levam tudo ao pé da letra. Não é sempre verdade. Se levassem, o que fariam com a informação da frase da foto acima? Diz o cartaz colado na janela: "Qualquer assunto, por favor contacte o número 188 nesta mesma rua". Ri, fotografei e fiquei imaginando situações que poderiam acontecer no número 188. Uma pessoa poderia muito bem bater lá e dizer: "Não aguento mais ver as baleias morrerem impunemente, temos que mudar isso", ou "O meu pai não aumenta minha mesada há dois anos e eu gostaria de protestar", ou ainda "Tenho 90 anos e escuto mal. Você pode me ajudar a encontrar um aparelho de surdez em conta?". Ué, se é qualquer assunto, é qualquer assunto.



Mas a frase mais intrigante que encontrei foi "Já estou melhor, obrigada", escrita em delicados azulejos numa parede pichada. A frase está lá desde que vim da primeira vez, provavelmente há muitos e muitos anos. Nem sei se a pessoa ainda está bem, se piorou de novo, se morreu... Mas a frase continua lá. Promessa? Agradecimento de uma senhora popular que recebeu inúmeras visitas preocupadas com sua saúde e que já não aguentava mais providenciar pastéis de Belém para todos? Ou só a brincadeira de um gaiato com as sobras de uma reforma? Taí o maior mistério de Lisboa.

Antes de terminar, preciso comentar que ainda não me habituei com a mania que os portugueses têm ao desligar o telefone. Para eles, parece ser a coisa mais difícil se despedir de um interlocutor. Enquanto no Brasil terminamos uma ligação com o bom e velho "beijo, tchau", aqui é assim:

⎯ Então tá. Beijo! ⎯ eu digo, já pronta para começar a fazer outra coisa. E ouço em resposta:

⎯ Beijinho, beijinho, até loguinho, passar bem, beijinhos, beijinhos, até logo, tenha um bom dia, beijinho, tchauzinho, beijinho...

Sério! Eles disparam a dizer uma infinidade de despedidas! E isso é todo mundo. Da mulher da operadora de celular ao amigo mais íntimo. Já desliguei na cara de vários, coitados. Sem querer, claro!

Certa vez, um amigo de cá comentou que achava os brasileiros grossos ao telefone. "Uma gaja que trabalhou comigo desligava sempre quando eu ainda estava falando". Expliquei que não era falta de educação, nós simplesmente não estávamos acostumados a nos despedir com tantas palavras antes de encerrar um telefonema. Ele riu e pareceu concordar, embora com uma cara desconfiada: "Acho que essa escritora está a gozar de mim".



O sono voltou. Olho mais uma vez para o belíssimo Castelo de São Jorge reinando ainda iluminado no amanhecer lisboeta e parto para sonhar, desta vez com a minha cidade, agora olímpica.

Beijinho, beijinho, até loguinho, passar bem, beijinhos, beijinhos, até logo, tenha um bom dia, beijinho, tchauzinho, beijinho...

55 comentários on "Lisboa, querida Lisboa"

Luciana Bonora Alves on 5 de outubro de 2009 10:24 disse...

Que linda a história, os lugares e o povo "porrrtuguês"!
Viajei um pouco pro V.M. com sua narrativa...
Valeu!

isabella on 5 de outubro de 2009 12:38 disse...

Olá Thalita,

Portugal e seus belíssimos lugares e histórias que nos faz viajar no tempo!!

Adorei saber mais um pouco da cultura, das coisas que fazem, que pra nós, é muuito diferente, mas como minha avó diz: "Vivendo e aprendendo", e como nós aprendemos, não é??!!
Esse Castelo de São Jorge, quanta beleza, é lindo d+!!!

Viajar é maravilhoso, porque nos dá a oportunidade de conhecer além dos lugares, pessoas com histórias incríveis, culturas totalmente diferentes da nossa, enfim um outro mundo daquele que estamos acostumados a viver!!!

Obrigada pelas lindas fotos e pelas curiosidades desse povo português!!

Beijo grande e se cuida!!

Naii Lisboa on 5 de outubro de 2009 13:11 disse...

Viajar é tudo de bom mesmo!! Adoroo conhecer lugares e pessoas diferentes!!!!
Tenho muuuita vontade de conhecer Lisboa, pelas fotos parece ser lindo demais!
Mas o meu maior sonho mesmo é conhecer Nova York! A primeira viagem internacional q eu vou fazer vai ser pra lá!! Assim que eu puder! Nem que seja a ultima coisa que eu faça na vida!!!! (yn'
Você ja morou lá, né??

Tô morreeeendo de saudades!!!
Aproveita bastante essa terrinha!!!
Te Amo!!
Beijinhos!!

ana on 5 de outubro de 2009 13:17 disse...

Linda crônica, Thalita. Viajar é uma constante renovação do olhar e do pensamento. Adorei ver Lisboa sob a sua delicada e bem-humorada percepção. Beijos.

IsaMar on 5 de outubro de 2009 13:51 disse...

uma crónica sobre Lisboa num dia de insónia, achei engraçado. Mas achei piada das suas versões sobre nós portugueses. Essa da despedida ao telefone, cheia de diminutivos sou sincero, não conheca. Não é meu hábito e sou portuguesa. Uma visão engraçada, vinda de um brasileiro.

jokas minhas

Já visitou os meus trabalhos de lã de feltro? convido-a a passar por lá. seria um gosto imenso.

www.meustrabalhos.blogspot.com

raely.santos on 5 de outubro de 2009 13:52 disse...

Adorei o texto, é bom ouvir falar assim de um lugar que vc ainda não conheceu!!


Mais adorei a frase do Azulejo, meio que mistério no ar!!, e a despedida?? paresse que naunca mais vai ver a pessoa rsrsrsr


bjoo

Priscilinha on 5 de outubro de 2009 14:07 disse...

Thata!
Que isso?! Que liiiindo!!!
Vc conseguiu me deixar MAIS encantada com Portugal (Lisboa) do que eu já era. =D
Ameeeei a sua "crônica" sobre esse incrível lugar.
Concordo com vc, sobre o que quer dizer viajar... Bem, eu nunca viajei. Mas sonho em viajar pelo mundo afora, de verdade. Desde criancinha eu sonho com altas viajens e tudo o mais.
Queria conhecer a Europa inteira!!! MEU SONHO.
Mas antes de ir p/Europa, eu tenho vontade de conhecer o Canadá. Amo o Canadá! =D
Quando eu viajar, tenho o mesmo pensamento que o seu... Sair entrando aonde me chamar atenção... Tirar fotos dos lugares que eu achar interessante... Conversar com as pessoas dali. (principalmente os velhinhos. Adoooro a maior parte deles. Eles sempre querem contar tuuudo.) e tudo o mais.

As praças daí são muito bonitas? Ah, tira uma fotinha p/vermos, vai... =P
Quem me dera as praças daqui fossem assim. Thata, te juro! Eu adoro praças... Mas eu não acho UMA por aqui (Rj - Campo Grande) que dê p/mim se sentar, apreciar algo, ler, conversar ou qualquer coisa. As praças estão muuuito largadas! É triste... Imagino quando eu tiver minha filha. Pra qual praça irei levá-la p/brincar? =/
Enfim... ADOOOREI um pouco que vc nos apresentou sobre esses portuguesinhos! Um pouco sobre a cultura, a história, os hábitos deles.
Morrir de rir com os acontecimentos! :o)
Adorei as fotos!!! A-do-rei!!! Àquela com a frase "Qualquer assunto, por favor contacte o número 188 nesta mesma rua". Imaginei vááárias coisas tbm! =P
Ai, ai... Como faz bem conhecer novas coisas, mesmo que seja pela telinha de um computador.

Ah, e AMEEEI saber sobre os diminutivos. Muito fofo messsmo! Eu adoooro diminutivos. Sério!

Obrigada por nos mostrar um pouquinho desse lugar espetacular, mágico, encatador...
E saber sobre esse país com as suas palavras é tu-do!

E eu quero que vc continue curtindo muuuuito aí, viu?! Curta, aproveite e brilhe muito em Lisboa.
O Rio sente saudade! ='(

Te aaamo (como escritora, como pessoa e como BFF)!!! =D
Fica com Deus. E fale para os portuguesinhos que nos, seus fãs, mandam bjo e abraços p/todos!

Bjns, gata!

Priscilinha on 5 de outubro de 2009 14:11 disse...

PS.: E que Castelo é aquele? Meu Deus!!! Outra coisa que me encanta são Castelos, Câteaus e tudo o mais.
Deve ter sido uma coisa de outro mundo, assistir o nascer do sol sobre o Castelo. =P
Visão romântica! Hehe...

Beijinho, beijinho, até loguinho, passar bem, beijinhos, beijinhos, até logo, tenha um bom dia, beijinho, tchauzinho, beijinho...

Luana on 5 de outubro de 2009 15:04 disse...

Realmente temos que viver também as coisas simples da vida. Como sentar na praça, deixar o dia passar e o sol se deitar.
Lisboa é linda pelas fotografias!
Fiquei curiosa com a foto dos azulejos "Ja estou melhor, obrigado", o que será que a pessoa que fez estava pensando?
Te adoro bjão

marione on 5 de outubro de 2009 15:13 disse...

thalita estou deixando um recadinho pra voce no seu e-mail,favor leia ta obrigado

Helena Mayrink on 5 de outubro de 2009 16:46 disse...

Thatha,
que lindo ver que você está curtindo ao máximo sua viagem, porque Portugal deve ser uma coisa linda!
No começo do ano que vem vou passar dois dias por aí, mas não em Lisboa, e sim no Porto. Vai ser maravilhoso vivenciar um pouquinho dos costumes dos quais você tanto fala, mesmo já convivendo um pouco, por causa dos parentes em território português!
Saudades imensas de você! Faz um tempão que não vejo e ouço a sua felicidade contagiante! Te amo!
Beijinhos, beijinhos, até loguinho...
Lena.

Raiissiinhá on 5 de outubro de 2009 16:57 disse...

Portugal é linda mesmo neh Tah!

Gostaria que vc viesse aqui em Minas Gerais, bh, para uma tarde de autografos. Adoro seus Livros, Ja li todos. Trabalho em uma Biblioteca e as mininas adoram!

Bjo e muito sucesso. '')

Maggie on 5 de outubro de 2009 17:09 disse...

Olá! Adorei a descrição desta cidade que é Lisboa. Realmente viajar é fantástico, Thalita. Estou super ansiosa para a conhecer!

Beijinhos da leitora dedicada portuguesa,

Maggie ♥

allddy on 5 de outubro de 2009 19:30 disse...

Tha parabéns por esta fase e que muitas dessas estejam pela frente,não só em Portugal,mas como em outros países!!!!
um grande beijooooooo!!!!

Margareth on 5 de outubro de 2009 19:39 disse...

Thalita, que texto Lindo! Fiquei emocionada e orgulhosa por ser descendente de portugueses de pai e de mãe. Só fui a Portugal uma vez, aos 8 anos, e fiquei mais conhecendo a família na aldeia. Convivi com meus avós apenas por 2 meses nessa época, mas ainda lembro das coisas que minha avó materna fazia para "agradar as netas brasileiras". Fiquei com muita vontade de conhecer Portugal. Quem sabe um dia? Quem sabe ainda não comeremos um pastelzinho de Belém por aí, juntas. Mil beijos e obrigada por esse poema em forma de crônica!!!!!

Erica Ferro on 5 de outubro de 2009 20:41 disse...

KKKKKKKKKKKKK!
Thalita, é por isso que eu te amo!
Cara, você é muito engraçada.
E, o melhor, esse texto não se limitou a engraçado. Não mesmo.
Como todos os teus livros e tudo o que tu escreves, ficou emocionante, cheio de verdade e que uma mensagem muito linda. Adorei, adorei e adorei.
Tenho uma amiga MUITO querida que mora em Portugal, ela é tão fofa.
Enfim, um dia quero conhecer Portugal e essa minha amiga.
Ah, adorei as fotos, lindíssimas!

Beijinho pra ti, minha querida.

P.s: SIIIIIM, RIO 2016. Quero estar lá, representando a natação paraolímpica.

Eu e meu Mundo on 5 de outubro de 2009 21:30 disse...

Muito legal,amei,e agora eu sei mais sobre o povo que eu sou descendente!(Sério,meu avô nasceu em portugal,quando cresceu veio para Brasil,se casou com a minha avó,teve dois filhos....e etc...)Então,beijinho,beijinho até loguinho,beijos,nós se vemos depois,beijos,até amanhã,thau,passar bem...

Helen M.R. on 5 de outubro de 2009 21:30 disse...

*---*

Viagens me lembra bienal. Foi a primeira grade viagem que planejei sozinha, curti com orgulho a alegria consequente da minha responsabilidade! =D
[super orgulho proprio mode on]

Maas, aproveitando o que a Naii disse, você podia nos contar mais do tempo em que morou em NY neah?? *--*
Quando tiver tempo pra contar estaremos ansiosas pra ouvir.

Continue aproveitando, linda.
BjaOo
Helen M.R

Keyla on 6 de outubro de 2009 09:15 disse...

Muito legal esse seu relato sobre Portugal =D
Deu vontade de conhecer Lisboa

Obs: quero um botton 'Ler é Fixe'

=*

luiza on 6 de outubro de 2009 12:35 disse...

Portugal deve ser lindo!!vc e muito sortuda! e me inspiro muito em vc.Vou ter o maior prazer de escreversobre vc.
bjuxxxxxx!

Clarisse S. on 6 de outubro de 2009 16:28 disse...

Heyy! Olha, a-do-rei o "Já estou melhor, obrigada". Muito louco, cara. Quem será que teve essa idéia... Digamos, mirabolante? Ih, eu heim!

E esse Castelo? Uuuh! Me mata! Se for pra ver esses lugares lindos, Rocco, me aguarde! Hahaha, zoei legal.

E... Por acaso você tinha uma tarde de autógrafos programada para o dia 5 de novembro, no Espírito Santo, mais precisamente, em Vila Velha? Pelamordedeus, me fala! Eu e minhas amigas estamos na dúvida! Num jornal daqui falou que você vinha, mas no seu site não vem falando nada!

Bom, é isso. Beeijos! Ou melhor:

Beijinho, beijinho, até loguinho, passar bem, beijinhos, beijinhos, até logo, tenha um bom dia, beijinho, tchauzinho, beijinho...

Pamela Ferreira on 6 de outubro de 2009 17:21 disse...

Thalita, aposto que você vai sentir falta de lá !!!!! Nunca fui mas tenho certeza que se eu for gostarei de lá. Mas nada igual ao nosso Rio de Janeiro, né ?
Beijos da sua fã :*

Thalii mello* on 7 de outubro de 2009 08:52 disse...

EUUUUU TE AMOO MUUUUUUUUUUITOOOOO.

ameei o post sobre Lisboa .

te amooooo muuuiito ♥

Biia Gomes on 7 de outubro de 2009 13:35 disse...

Meu sonho é conhecer essa terrinha aii!

que saudaaaaaaaaaaades thalita, te mao
beeijos;*

Juliana on 7 de outubro de 2009 13:53 disse...

Olá, Thalita.
Que linda história!
Quando vem a Fortaleza?
Um beijo :*

Vinha on 8 de outubro de 2009 13:20 disse...

Oi Thalita!
A Europa é linda *-*
Lendo sua postagem, bem que não seria uma má idéia se vc escrevesse um livro sobre uma garota que vai pra Lisboa e tem que se acostumar com as coisas de lá rsrs

Também escrevo livros, só ainda não mandei nada pra nenhuma editora para ser publicado, mas quem sabe um dia? ;D

Muito (mais) sucesso pra ti viu?
Te adoro ;)

Beijinhos :*
Vinha.

Maria Helena on 8 de outubro de 2009 15:10 disse...

Acabei de ler a crônica Pai-mico e chorei de rir com a criatividade dessa escritora, é espetacular, a narrativa engraçada, envolvente e cheia de imaginação, sem dizer que bem por aí mesmo, não tenho filhos, mas tenho uma sobrinha adolescente e faço mais ou menos o mesmo! ehehehehehe Mas é o amor que nos faz assim

mariane on 8 de outubro de 2009 22:18 disse...

Thalita, no seu Próximo livro você pode fazer uma personagem chamada Mariana ? Esse é o meu nome e eu gosto muito de você. Beijos da sua Fã número 1 . rs

Bruna Bianconi on 9 de outubro de 2009 09:39 disse...

Eu sinceramente não conheço seu trabalho, entrei aqui por acaso, mas posso dizer? Me encantei, com certeza vou buscar por livros seus, você é cheia de talento.
E eu sonho em conhecer Portugal, tenho amigos que moram lá.
Quanto ao sentido de viajar penso o mesmo, no meu novo texto falo um pouco disso.

Beijos, ótimo dia.

Lorena Baronesi on 9 de outubro de 2009 12:41 disse...

aaah Lisboa, um dia eu vou te conhecer *-----*
poxa Tha, nem me chamou pra ir com você ne -qq
abafa! saudades (L)
beeeeeeeeeijos ;*

Marina Venâncio on 9 de outubro de 2009 19:00 disse...

Oie Thalita ... Que bom está feliiz aíi .. Mas estamos sentindo saudade de voc . Quando volta?
Ora pois pois ,.. Nós te amamos e queremos te ver .., rsrsr
Voc é tãão fofaa .. ♥

Beijinhos , sorrrisinhos , beijinhos tchauzinhos e beijinhos !

Jose Ramon Santana Vazquez on 10 de outubro de 2009 10:44 disse...

... ...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazon
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG
THALITA




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesia ...


AFECTUOSAMENTE
BLOG DA THALITA




jose
ramon...

lis barros on 10 de outubro de 2009 16:12 disse...

Thaaa me segue no twitter...por favor!!!www.twitter.com/liscbarros


Ps.: Te amOOooooOooo!!!
Nunca mais vocêe apareceu aqii no blog...eu não te tenho ainda no twitter da até saudades acredita?!?!?

Bjokas estaladas...(Nas suas boxexas que são umas fofouras)!rsrsrsrsr

vinicius on 10 de outubro de 2009 18:05 disse...

nossa thalita que lugar lindo que vc está, tira bastante fotos e coloca no blog, saudades volta logo tá
bjokas

Biia on 11 de outubro de 2009 12:14 disse...

Quanto tempo sem passar aqui ..
meu sonho e conhecer Lisboa deve
ser lindo as fotos nao deixa dizer ao contrario .. MORRENDO DE SAUDADES DE VOCEÊ ,volta logo ..

·•·•†|-|䡧•·•· on 11 de outubro de 2009 20:36 disse...

Isso não é bem um comentário, é uma divulgação.Mas vcê disse que irá ler!Não custa tentar!!

Eu crie meu blog em Criarumblog, e estou muito satisfeita do resultado. É para mim, uma ferramenta de comunicação indispensável e lúdica …Não perca mais tempo ! Criar seu blog em Criarumblog. Você será independente, com uma apresentação bonita e inteligente. E você não tem que pagar nada por isso.Vamos pessoal, entre ai http://historias.bloggeiros.net/index.htm

Divulguem!!
Discutiremos sobre livros, filmes, redações,...



Passa lá Thalita, deixe um texto pra mim sou sua fã!! Adoro ler, escrever!!

Assim que puder não deixe de dar uma olhadinha faz uma conta, escreve.Por favor?Eu sei que eres bastante ocupada para ficar visitando blogs alheios, mas assim que estiveres um tempinho, entre em contato com meu blog!!

Meu nome é Thais e tenho 11 anos!



O link é: http://historias.bloggeiros.net

(l°I) mila (I°I) on 12 de outubro de 2009 00:55 disse...

QUE DELIÍCIA SUA SEDE DE VIVER E RECRIAR O MUNDO DE UM JEITO TÃO DIFERENTE E INDIVIDUAL, MAS AO MESMO TEMPO TÃO COLETIVO E QUE APAIXONA A TANTAS PESSOAS!
SUA MAGIA ENCANTA ATÉ QUEM ANTES NÃO GOSTAVA DE LER E INSPIRA MUUUITO AOS QUE GOSTAM DE ESCREVER..COMO EU.
UMA JOVEM DESCONHECIDA MAIS QUE SE REAPAIXONA PELAS LETRAS TODA VEZ QUE OBSERVA SUA PAIXÃO POR SUAS OBRAS!

MUITO SUCESSOOO E PAAZ QUERIIIDA!
MILHARES DE BEIJOOOS!

(l°I) mila (I°I) on 12 de outubro de 2009 01:05 disse...

QUERO APRENDER COM VC! ME ENSINA, COMO FAZ PRA TORNAR OS TEXTOS EM HISTÓRIAS TÃO FASCINANTES??
COMO FAZ PRA DAR VIDA AS LETRAS??
JA LI UM OU OUTRO LIVRO SEU, MAS NA VERDADE NÃO SABIA QUEM REALMENTE ERA VC, ATÉ ACOMPANHAR SUA HISTÓRIA ENTRE AS PROPAGANDAS DOS PROGRAMAS DA SKY.
AI, ME APAIXONEI POR SUA PAIXÃO PELA VIDA, QUERO ME SENTIR TÃO LIBERTA QNTO VC AO ESCREVER.

(quem sabe um dia assim, de bob, vc tenha um tempo lembre-se de miim e me deixe uma dica. Apenas uma troca de palavras suas através de um comentário no meu blog tão tão recente, seria "a" chave pra uma grande e maravilhosa história!)

ameeeiii conhecer um pokin de vc! Quem me dera ter ouvido falar de vc antes ♥♥♥

beijiiinhus
http://tipoassimlerelegal.blogspot.com/

Pedro Emílio on 13 de outubro de 2009 14:03 disse...

olá thalita!!!amei suas fotos de portugal...adoro histórias,contos,enfim.na verdade só quero q saiba q sou sua fã mesmo sem ler seus livros!!!!!!ué...gosto de te ouvir falar e assisto sempre q dá seus trabalhos na tv.com certeza comprarei seus livros para os meus três filhos,pedro emílio,guilherme e vinícius.bjos da professora ana paula.pouso alegre mg.

mariana on 13 de outubro de 2009 16:16 disse...

Oii!
que pena vc vai ficar longe da gente vai no colégio educon

Letícia on 13 de outubro de 2009 19:42 disse...

Thalita, eu sou sua fã, sou bem assídua devo dizer. Malu aqui em casa é O sucesso! Minha mãe ri com ela!!! Levo meus livros pra escola e a galera me pergunta e pode crer tem cada vez mais menina ficando fã! Voltando á Lisboa, Já estou melhor, obrigada, é de fato um enigma! Quem escreveu. Fui vou ler Fala Sério Amor!

Alessandra on 13 de outubro de 2009 20:39 disse...

Thalita,

Não sabia que você tinha nascido no dia 10 de novembro...tbm nasci nesse dia (só que em 1992)

Te amo muito
bjinhos

Biááhh... Rib... Mend... on 13 de outubro de 2009 21:30 disse...

Ooi thalita eu t amo de paixao,pô me responde esse comentario manda p/ o meu e-mail,fui na bienal t vi pela 1ª vez pessoalmente e esterei no shopping Grande Rio!!!ITA ITA ITA A BIENAL SEMPRE SERA DE QUEM?...........................................................................................................DA THALITAAAAAAAAA!!!BJOS T AMOOOOOO

beatriz on 13 de outubro de 2009 23:05 disse...

Deve ser maravilhoso visitar lugares novos..e pelas fotos é muito lindo!!Aproveita Thalita....e não demora pra escrever livro pra gente!Um beijo...admiro muito teu trabalho!Parabéns!

bruna_guimaraes_b on 15 de outubro de 2009 00:02 disse...

Thalita, adoro seu trabalho, descobri teu site hoje, maravilhoso, achei muuuuuuuito legal a lista de presentes só a parte do flu, poderia ser internacional (L), mais tudo bem ;p eu queria participar tbm da campanha 'ler é bacana', aprendi a pouco tempo que ler realmente é bacana, se tiver um jeito de participar ajudar, eu gostaria muito de fazer parte de verdade, e já tenhoi outras pessoas que poderiam ajudar, pq aqui em santos tem poucas bibliotecas e muitas pessoas precisando de um incentivo. Parabéns pelo seu trabalho lindo, e que Deus te dê mais imaginação e mais luz!
Beijos, e curta muito Portugual \o/

Aryane on 15 de outubro de 2009 17:54 disse...

ola thalita,estava no seu site e vi os e ventos no dia 12 de dezembro vc estara no shopping grande rio perto da minha casa eu ja estou la te esperando ok?sou uma grande fa sua te adoro ja tengho 2livros seu eu gostoria q vc escrevese o fala "serio,mano!"euy iria amar eu tenho um irmao cahto sabe?
obrigado seu puder me responde o meu email e aryane_baptistal@hotmail.com
me mande uma mansagem
ate!!

Gabi on 15 de outubro de 2009 21:10 disse...

Oi Thalita, tudo bem? Pode me chamar de Gabi.
Te conheci atravéz de minha mãe que me deu de presente um dos seus livros (fala sério mãe). Nossa, me apaixonei de cara por você e por sua forma incrível de escrever. Nunca li um livro tão maravilhoso.
Bom, estou escrevendo esse comentário porque sempre fico visitando seu site e seu blog (e de muitos outros também) e resolvi entrar no link: "quer ser escritor?", pois à alguns meses atráz resolvi começar a escrever um livro, mais parei logo no começo pois me achei incapaz. E agora, depois de ler suas dicas, resolvi continuar a escrever, quem sabe dá certo né?
Muito obrigada pelas dicas e beijos de uma super fã!!
Ah, se tiver um tempinho, acessa o meu blog, será uma honra receber uma visitinha e um comentário seu. http://janderson-gabriella.zip.net/
Até mais...

kathleen ii seu diário on 16 de outubro de 2009 09:47 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kathleen ii seu diário on 16 de outubro de 2009 09:50 disse...

Oi thalita to adoranduhl saber q vc fez sucesso em lisboa....quero que vc me ajude em uma coisa vai lah no seu email...a e passa lah no meu blogg deixa um comentario....te adorooo bjjin dii glooss flor!!

raely.santos on 17 de outubro de 2009 15:47 disse...

Que linda a história, os lugares e o povo "porrrtuguês"! [2]


Pra sampa vc vai vir quando?

bjoos

Ellen on 22 de outubro de 2009 00:27 disse...

olá Thalita,
Admiro muito seu trabalho e adorei seu blog, fiquei viajando junto com vc em Portugal, muito bom conhecer culturas e lugares novos.
Valeu por comentar bjos

bruna on 5 de dezembro de 2009 17:21 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bruna on 5 de dezembro de 2009 17:22 disse...

Oiiii Thalita
Quantas linguas diferentes vc sabe falar em?
Me responde e um beijão!!

Daiane disse...

Me diverti muito com suas histórias de Lisboa, muito engraçado! Do jeito que você fala, lá deve ser um lugar muito legal mesmo. Adorei... Beijos, Te adoro!

pensamentos on 6 de janeiro de 2010 23:13 disse...

ola♥ querida♥ thalita♥ .
como vai voce acho que voce está produzindo um dos seus livros super legais ... pesso a Deus quecontinue dando lhe muita criatividade nessa fabrica de sonhos , que acredita nos adolescentes ...
" bem meu recado mesmo é que quando voce tiver um tempinho (acho so no outro semestre) queria que dessa fabrica que elucidar como nuves , fisesse um livro entre neta e avó / neto e avô / ou viciversa , do secúlo XXI "
como voce disse nem sempre voce pode le ,
mais tenho fé que algum dia voce leia , mais se leu pensse com carinho.
um grande beijão♥ e um cheiro ...
de um fã soteropolitano ♥