sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Um rápido desabafo


É frescura minha ou é muito bacana quando alguém entra no elevador e te dá bom-dia? Acho que é o tipo da coisa que não custa nada fazer. É ou não é? Dar e receber bom-dia, boa-tarde e boa-noite é bom e eu gosto. Pessoas do mesmo prédio, então, meu Deus! É demais abrir a boca para fazer um cumprimento cordial? Um pouquinho de civilidade, educação e gentileza não faz mal a ninguém. O ato de cumprimentar vizinhos e, claro, ascensoristas de elevadores públicos, para mim, é primo do ato de ceder lugar à galera de cabecinha branca nos transportes públicos. Não é porque é bonitinho, fofo, ou porque ensinam a gente a fazer isso quando a gente é criança. É porque é o certo.

Podia ficar linhas e linhas falando da minha indignação com a cada vez maior falta de educação do carioca, mas por enquanto é só. Fica aqui meu desabafo.

E, lembrando o profeta: gentileza gera gentileza.

26 comentários on "Um rápido desabafo"

Paulinhaa on 5 de setembro de 2008 18:53 disse...

awun...

Gentileza gera gentileza, que por sua vez gera todos os sentimentos bons do mundo, afinal, se todos dermos as mãos, no fim quem sacará as armas, não é verdade?


Também tenho sua opinião, mais horrível ainda é quano as pessoas destratam as outras principalmente os velhinhos...

beijinhos...
é amanhã *--*
Te amoo

helen on 5 de setembro de 2008 21:47 disse...

Quem dera fosse só os cariocaas!!!!

Encontramos gente assim em muuitoos lugares!!!

E três vivas as pessoas simpaticas que comprimentam os outros por onde passa, nem que seja com um sorriso!!!

;]

BjaOo
Helen M.R.
Campinas-SP

Lá Cristina on 6 de setembro de 2008 00:31 disse...

Falta de educação é típico do povo brasileiro, principalmente quando se trata dos velhinhos no trasporte público!!!

Ps.: Confesso que já fingi estar dormindo no ônibus só pra não ter que levantar da minha aconchegante [quando se passa o dia inteiro em pé, qualquer coisa que acomode a bunda é confortável!] poltrona pública para dar lugar a um velhinho! Deve-se levar em consideração que estava muuuuito cansada!!!

cih on 6 de setembro de 2008 01:53 disse...

Acho que é o mal do mundo moderno,é tudo muito formal,todo mundo vive com pressa!Ninguém mais olha pra ninguém ...quando vc fala um obrigado algumas pessoas até se assustam rsrs
Thalita adoro sua coluna na Atrê,estou conhecendo seus livros agora,sou uma aspirante á "thalita rebouças" quem dera um dia poder escrever como vc!
Beijos e mto sucesso pra vc!
Cih
http://sweeet.zip.net

Lu on 6 de setembro de 2008 10:37 disse...

Iiih, Tha, você não sabe!
Um dia, na Praça, CHOVENDO eu, educada, segurei a porta pra quem tava saindo passar. Três pessoas saíram e uma entrou no banco. Alguém agradeceu? Hein? Agradeceu? NÃO. Eu lá, toda ensopada, atrasada, ainda tive que aturar a falta de educação do povo daqui? Por acasp eu tava de uniforme? Eu era funcionária? E mesmo que fosse, custa dizer 'obrigado'? A boca cai, por acaso? Ah, fala sério u_u

Thalita Rebouças on 6 de setembro de 2008 10:40 disse...

Quer dizer que isso é no Brasil inteiro, é? Bom, ainda bem que pessoas como a gente não se deixam contaminar pela falta de educação, né?
Amei cada comentário aqui.
Amo vocês.
Beijosssss

krika on 6 de setembro de 2008 18:41 disse...

Fofa!
Em todo lugar encontramos falta de educação. Não fique encabulada achando que são apenas os cariocas!
E tem essa: e quando você diz bom dia ou boa tarde, apessoa te olha e não responde? Daí você considera: Será que não ouviu?
Será que eu não abri um sorriso? Será que não gostou? E por aí vai...
Thalitinha...você continua escrevendo na Atrê?Eu preciso de seus contos....
Por favor, responda meus email,please!!!
beijos
krika

Thalita Rebouças on 6 de setembro de 2008 22:25 disse...

Sim, todo mês tem uma história nova na Atrê!!!
Beijossss, Krikaaaa

Jéssica on 6 de setembro de 2008 23:34 disse...

oi Thalita,adorei o seu comentário sobre dar bom dia ,boa tarde ,boa noite para os vizinhos e pessoas que estão em nossas vidas ,e dizer essas palavras de gentileza e cumprimento de bom dia ,boa tarde e boa noite.
beijos fofinha.
te adoro .
se cuida.

Dani, ler é tdb on 8 de setembro de 2008 10:33 disse...

Eu concordo! Sempre dou bom dia para quem entra... várias vezes a pessoa nem responde e nem olha na cara. Deteso isso (me deixarem falando com as paredes!).

Entra no meu blog? Lá tem algumas historinhas que eu fiz!

http://danileretdb.blogspot.com

BIG
Bijokas
Borradas de
Batom

Paulinhaa on 8 de setembro de 2008 19:52 disse...

Flor.
Eu simplismente amei te conhecer...

Tô até agora pensando se foi verdade ou sonho que você lembrou de mim! *--*

Na fila eu até pedi pro Namô de Jhuly me beliscar pra vê se era vdd..

Sem Noção, até minha MÃE chorou!!

Te amoo muito!!!

E pode ter certeza: Quarta Eu e Ela estaremos lá, se bobiar com mais 4 amigas...

Thalita Rebouças on 9 de setembro de 2008 12:17 disse...

Imagina se eu não ia me lembrar de você, Paulinha? Todos os dias aqui, comentando coisas fofas e escrevendo linhas tão carinhosas... Adorei te conhecer também!
quarta a gente se vê, então, hein?
Beijossssss

Paulinhaa on 9 de setembro de 2008 14:30 disse...

Com Certeza!!!

Mais que confirmado!!

Até Amanhã!!

É AMANHÃ??? Tinha até esquecido!
Pra mim era mais pra frente!!

Beijinhos
Te amooo!

GIULIA on 10 de setembro de 2008 14:02 disse...

Você é a escritora mais simpática que eu já vi!!! Eu tenho 11 anos e sempre comprimento as pessoas quando entro no elevador (normalmente sinto vergonha mas comprimento). Eu simplismente AMO os seus livros porque me fazem rir e divertir. Já te vi, já peguei autógrafo e pretendo pegar de novo :D.
Eu adorei a sua história quando li no site!
Um beijão da sua super hiper mega power fã fanatica (botei separado por que se não ia ser difícil de entender :P) Giulia
Te adoro!!!

Margareth on 10 de setembro de 2008 17:01 disse...

Concordo com vc e também cumprimento e agradeço sempre. Procuro dar esse exemplo para meu filho e para meus alunos.
Bjs

MARYNA on 10 de setembro de 2008 17:18 disse...

Oi Thalita tudo bem? Espero que sim!
É tem razão existem muitas pessoas que se recusam dar um “oi” ou coisa do tipo. Mas pior que pessoas que não cumprimentam as outras são as que não respondem o cumprimento e te deixam no vácuo ou simplesmente não olham para sua cara e você pode entrar ou sair de onde ela esteja e não vai fazer diferença para ela. Mas fazer o que né!? Nem todos têm o dom de ser ccordial, educado e fofo!
OBS: Acho que você deveria postar algo que sobre ética, pois é um assunto muito legal e produtivo e estou louca pra saber o que você pensa a respeito! Garanto que o pessoal aqui vai adorar...
;D
Se você postar posso apresentar como uma citação sua no meu trabalho do colégio? (eu e mais três abigas vamos ter que dar uma aula de 45 minutos sobre ética)...pelamordeDeus faz uma forcinha ai =D
Ah...
Acabei de ler o livro “Fala sério, amiga” hoje, muito booom... quase morri de rir quando li “Xuxa is on the table. Sasha is on the table.” Aliás essa foi uma das que eu mais gostei, junto com a do telemarketing e a “Eu preciso dizer que te amo”, mas eu adorei o livro todo já estou pensando qual o próximo que eu vou ler.
Bom, acho que já falei de mais para alguém que precisa estudar para história.
Vou indo então, assim que chegar a carta (que espero com muuuiiiita ansiedade) eu venho postar aqui e encher essa página que comentários...=D

Beijo Gigamenso!

MARYNA NITA (uma das aBigas)

escritorasteens on 10 de setembro de 2008 21:53 disse...

Pois eh...eu sempre faço isso, mas as vezes da um "desanimo", principalmente quando vc fala e a pessoa n responde [como aconteceu comigo hj] axo q eh por isso q as pessoas desistem...
bjks
Nath

Ana. on 11 de setembro de 2008 17:49 disse...

Oie!
Eu acho que isso é coisa do mundo moderno. Quando saio com minha avó e encontramos com pessoas mais velhinhas, eles se cumprimentam. Dizem pelo menos um "boa tarde". Acho bacana isso.
É importante e, mais do que isso, é fundamental que tenhamos educação. Não precisa sair falando "oi" pra todo mundo na rua, mas, como você disse, falar "bom dia" no elevador e tudo mais.
Mas concordo que não é só no Rio não. É em todo lugar, infelizmente.

Sua carta ainda não chegou. Ansiedade não cabe mais! hehehe

Grande beijo...
Ana Elisa.

Felipe Lucchesi on 11 de setembro de 2008 19:51 disse...

Não é frescura sua não Thalita !!!!Gostaria muito de tê-la encontrado na Bienal do livro.Tive o prazer também de conhecer Lygia Fagundes Telles ! Demais,demais !!!
Vou adicionar seu blog no meu blog!!! Beijos ! Fica com Deus !

Paulinhaa on 11 de setembro de 2008 21:53 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
- Pαulinhαα on 13 de setembro de 2008 16:35 disse...

Flôr...

Se deve ter ficado louca ontem com um bando de garota entrando na fila toda hora pra te ver...

Nem liga, é que a gente tava mega feliz por te conhecer..
ah! e Fala sério, o Astolfo é muito lindinho nao é??

Cuida bem dele, era de estimaçao!!

beijinhos!!

téee - on 14 de setembro de 2008 10:26 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
téee - on 14 de setembro de 2008 10:29 disse...

É verdade, tem vezes também que você abre a porta do elevador e a pessoa não abre a boca pra dizer um obrigado, acha que é obrigação, isso é muito comum, aposto que a maioria é assim.

- Jhulyy on 14 de setembro de 2008 13:11 disse...

Flôôoor...
Amei&adorei te conhecer... e olha, te vi duas² vezees *-*

Você não tem noçãão.. Agradeço a Deus todos os dias por ter tido essas chances!

Te amo&adoro Flôr, e que São Miguel Arcanjo esteja sempre com você e te ajude na sua caminhada de vida!

;*

My Life on 14 de setembro de 2008 14:16 disse...

Eu concordo plenamente com a Thalita e com todas vocês! Isso não faz mal a ninguém e além do mais não gastam mais de 2 segundos da sua vida!

Que bom que existem pessoas que têm conciência e sabe que não importa a maneira de ser dos outros, e sim a sua própria maneira de ser!

Bjããão!! ;**

beatriz on 19 de outubro de 2008 17:16 disse...

oi thali fala sério em ninguém merece chuva mas não da nada não aposto q vai dar um jeito de se divertir com chuva ou sem chuva

bjoks volta logo....


ah e mande noticias